20 pessoas LGBTIs+ foram assassinadas no Ceará, em 2018

Um relatório divulgado recentemente pelo Centro de Referência Janaína Dutra aponta que a rua e o ambiente familiar são os principais espaços em que acontecem as violências praticadas contra esse público