10 meses após morte de Gegê e Paca, suspeitos continuam foragidos

Nove membros do PCC acusados de matar os líderes da própria facção, se mantêm longe do alcance da Polícia. Última cartada das autoridades foi tentar encontrar o cearense Carlenilto Maltas em dois novos endereços