Cearense de 88 anos coleciona mais de 12 mil brinquedos

"Tive uma infância muito pobre [...] Só depois que me firmei como comerciante fui em busca de realizar meu sonho", revela Seu Manoel Filinto, proprietário da coleção