Confissões de uma ex-prostituta no Centro de Fortaleza

Com 40 anos de Praça José de Alencar, "Maria Bonita" é uma espécie de liderança no local, mas se sente solitária por não acreditar mais nos homens

DOC