Violência domina discussões na Assembleia Legislativa