Siglas burlam repasses para candidatas

Oficializadas para o cumprimento da "cota de gênero", muitas mulheres seguem sem estrutura de campanha