PP teme prejuízo com coligação