Paulo César Norões: O declínio dos tucanos