Paulo Guedes pede a presidentes de bancos que façam "a coisa funcionar"