Lava-Jato põe Beto Richa no banco dos réus por propina de R$ 2,7 milhões em pedágio

O ex-governador do Paraná é investigado por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa na concessão de rodovias federais no estado