Julgamento sobre prisão após 2ª instância é marcado para abril no STF

Presidente do Supremo definiu a data para Plenário votar sobre um dos pilares da Lava-Jato