Haddad afirma que PT estuda processar Whatsapp nos Estados Unidos

O ex-candidato à Presidência da República disse que a empresa tem se negado a abrir os seus macrodados para explicar a onda de mensagens consideradas como falsas que se espalharam pelo aplicativo durante o processo eleitoral