Ex-assessor de Flávio Bolsonaro alega questões de saúde e MP remarca audiência

Advogados de defesa comunicaram que não tiveram tempo hábil para analisar os autos da investigação e relataram que seu cliente teve "inesperada crise de saúde"