'Estou sendo tratado como o pior bandido do mundo', reclama Queiroz

O ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, disse que esclarecerá "em breve" as movimentações atípicas nas contas bancárias dele e alega ter faltado a depoimentos no Ministério Público por motivos de saúde