Em último dia de propaganda na TV, presidenciáveis fazem discursos 'contra o ódio'

Candidatos que tentam furar a polarização Haddad-Bolsonaro defenderam o voto útil e se disseram mais preparados para o segundo turno