Em nota, Ministério diz que Damares é 'cuidadora' de garota indígena

Segundo a pasta, Lulu "saiu com total anuência de todos" para passar por cuidados ortodônticos e para estudar em Brasília