Em diplomação, Bolsonaro pede confiança e prega conciliação

Presidente eleito prometeu que vai governar para 210 milhões de brasileiros, sem distinção