Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele

O presidente eleito declarou que governará em benefício de todos, sem distinção de origem social, raça, sexo, cor, idade ou religião