Cid volta a pedir autocrítica do PT: "não quero me vingar de ninguém"

O senador eleito disse que Haddad é "infinitamente melhor" que Bolsonaro, mas cobra mea culpa do PT