Câmara pagou voos de filho de Bolsonaro para treinos de tiro

Os bilhetes foram comprados com verba da cota parlamentar, a que todos os deputados federais têm direito, com a condição de que usem quando há interesse público