Bolsonaro recua novamente e admite ao menos 18 ministérios

O presidente vem enfrentando dificuldades para manter as fusões anunciadas em várias pastas