Bolsonaro não impulsionou conteúdo, dizem redes sociais Twitter e Facebook

As gigantes da internet não informaram se outras pessoas fizeram esse tipo de contrato a favor de Bolsonaro