Bolsonaro diz que políticas afirmativas reforçam “coitadismo” no país

Para o candidato do PSL, é necessário “acabar com o coitadismo” que, na sua avaliação, predomina entre homossexuais, negros, mulheres e nordestinos