Após dois anos de prisão, investigação avança sobre 'tentáculos' de Cabral

Alvo de 26 ações penais, o ex-governador do Rio é suspeito de manter uma rede de mesadas que reúne mais de 60 pessoas e valores que variam de R$ 150 mil a R$ 500 mensais