Após crises na era Temer, PF de Moro vai priorizar crimes de políticos

A nova direção da PF pretende reestruturar e reforçar o grupo responsável por investigar perante o STF crimes cometidos por ministros e políticos