Apenas 15% de eleitores de Haddad e 12% de Bolsonaro votam pensando em proposta

As maiores parcelas dos eleitores de ambos os candidatos se sentem motivadas pela rejeição ao outro e, no caso do candidato do PSL, pelo desejo de mudança