Leptospirose matou mais que chikungunya e hepatites no Ceará

Dados da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) apontam que, de janeiro a outubro de 2018, ocorreram nove mortes pela doença, todas em Fortaleza