Entrevista: Nailde Pinheiro, presidente do TRE-CE, faz balanço positivo ao fim da gestão

Revisão biométrica e rezoneamento permitiram avanços no Estado, mas a falta de pessoal próprio é gargalo que se perpetua na Justiça Eleitoral