Com discurso pacificador, Camilo faz cobranças a Jair Bolsonaro

Ao tomar posse, o governador petista disse que o Estado e a Presidência da República precisam ter uma relação de "respeito" para que os investimentos nas áreas mais sensíveis continuem sendo feitos nos próximos quatro anos