Paulo César Norões: uma aliança oficiosa?