Paulo Cesar Norões: Por mais celeridade