Paulo Cesar Norões: Política do faz de conta