Paulo Cesar Norões: Pessoa aposta em Wagner