Paulo César Norões: números contundentes