Paulo Cesar Norões: Investimento no sertão