Ausência da base é questionada