Vereador Siciliano diz que estão tentando matá-lo 'com mesmo tiro' de Marielle

O vereador disse que foi eleito como "bode expiatório" pela polícia para que as investigações sejam concluídas; ele pediu a federalização do caso