TRE-RJ torna ex-governador Pezão inelegível até 2022

Para a PRE, ficou provada a “manobra de financiamento” da campanha, apoiada por empresas com contratos com a administração estadual e que já tinham recebido dinheiro público