Tesoureiro da campanha de Haddad é investigado por caixa dois

Francisco Macena é alvo da operação Cifra Oculta, desdobramento da Lava-Jato que apura o uso de R$ 2,6 milhões de caixa dois na campanha do petista à prefeitura de SP em 2012