STJ julga posse do Palácio Guanabara, a ação mais antiga do Judiciário

Os herdeiros da Princesa Isabel e do seu marido, Conde d'Eu, alegam que o governo brasileiro não indenizou a família pela tomada do palácio, logo após a Proclamação da República