Rodrigo Maia admite urgência para projeto que perdoa todo passivo do Funrural

"Podemos aprovar a urgência desse projeto do Funrural esperando que a Câmara não precise votar essa matéria se o Supremo garantir a segurança jurídica no dia 17, quando vota os embargos", afirmou Maia