PF diz que amigo de Temer recebeu R$ 1 milhão da Odebrecht em duas parcelas

O laudo foi elaborado a partir de novos arquivos entregues pela Odebrecht à Lava-Jato, com registros dos sistemas Drousys e My Web Day, usados para gerir o pagamento de propinas a políticos