MPF pede que tribunal rejeite embargos de Lula que serão julgados quarta-feira (18)

Segundo, o MPF os embargos não devem ser considerados pois a pretensão da defesa seria “rediscutir o mérito da decisão, com a modificação do julgado proferido”