Ministro do TSE defende inconstitucionalidade do voto impresso

Segundo o ministro, "vamos gastar R$ 2 milhões" para instalar um dispositivo na urna que pode ter falhas e invalidar o voto de sessões eleitorais no País