Me sinto ameaçado pelos discursos de Bolsonaro, disse agressor

Adelio Bispo de Oliveira disse que sua motivação teve viés "político e religioso"