Maioria no Supremo vota por manter Palocci preso

A presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, foi a última a votar e proclamou o resultado