Flávio Bolsonaro empregou mãe e mulher de PM do Rio suspeito de comandar milícia

O senador eleito afirmou em nota que contratou ex-funcionária por indicação do ex-assessor Fabrício Queiroz investigado pelo MP por operações bancárias suspeitas