Delação liga 'doleiro dos doleiros' à Odebrecht

Dario Messer, que está foragido, movimentou US$ 300 milhões ao longo de quatro anos, segundo delação premiada firmada por operadores no Rio