Crivella vira réu em ação de improbidade por ter se reunido com pastores em palácio

O Ministério Público acusa o prefeito Marcelo Crivella de ferir a laicidade do Estado na sua administração