Conselhos médicos regionais querem adiar regra que permite atendimento online

A resolução que libera a possibilidade de que médicos realizem consultas online e outros atendimentos a distância está prevista para entrar em vigor a partir de maio deste ano